Retorno de investimento em franquias: descubra como funciona

Tempo de leitura: 6 minutos

Você sabe como funciona o ROI – Retorno de Investimento em franquias? Não existe uma fórmula de sucesso para um negócio novo e, mesmo que as condições sejam favoráveis, há sempre riscos. Por isso, desde o início é preciso provisionar a devolução do dinheiro investido.

Abrir um negócio próprio requer um bom estudo de viabilidade seguido de planejamento — financeiro e operacional — que dimensione o potencial de aceitação no mercado e, consequentemente, o lucro sobre as vendas.

Neste post vamos falar sobre o conceito de ROI, como o indicador é calculado e deixar para você dicas de como otimizar o retorno de investimento a partir das atividades oferecidas em uma franquia!

O que é ROI?

Do inglês Return over Investment ou Retorno de Investimento, o ROI é um importante indicador que ajuda a mensurar se a franquia está faturando o suficiente para cobrir os custos correspondentes e, ao final, proporcionar lucro.

É o ROI que vai ajudar você a entender se a sua unidade de franquia está ganhando ou perdendo dinheiro. Se o objetivo do investimento é promover os primeiros passos de um novo negócio, o certo é que ele gere lucro para recuperar o aporte inicial.

Como o cálculo do retorno de investimento de uma franquia é realizado?

O cálculo do ROI é simples — o resultado deve ser obtido de forma percentual aplicando a fórmula abaixo:

ROI = (RECEITA – CUSTO) x 100

CUSTO

É fundamental que as informações sejam completas e nenhum valor esquecido, para que o resultado seja fiel ao movimento financeiro da franquia no período analisado. O ROI pode, inclusive, ser avaliado de forma descentralizada, ou seja, por departamento ou projeto específico.

Isso quer dizer que se você fizer campanha de marketing para a venda de um determinado produto ou serviço, poderá mensurar o retorno específico das vendas desse projeto de acordo com o que foi investido para promoção e divulgação.

Vamos imaginar que a sua franquia seja de serviços para pets e você lançou uma campanha de desconto atraente para combo de banho e tosa em cães de porte pequeno. A estratégia foi de investimento em criação de um banner virtual para as redes sociais e distribuição de panfletos promocionais.

Antes de exemplificar, vale lembrar que a franquia tem algumas características próprias e taxas específicas que garantem o direito de uso pelo franqueado, como royalties, propaganda e promoção, compras e serviços, que devem — quando aplicáveis — fazer parte do cálculo do ROI.

Para ter direito a usufruir da promoção, o cliente teria que apresentar o panfleto na hora do pagamento. Portanto, temos:

  • R$ 1.000,00 — investimento na campanha de marketing;
  • R$ 40,00 — custo do banho (incluindo as taxas da franquia);
  • R$ 60,00 — preço do combo de banho e tosa;
  • 60 combos de banho e tosa — com apresentação do panfleto.

Calculando o ROI:

  • custos — 60 combos de banho e tosa x R$ 40,00 (custo por banho) = R$ 2.400,00 + R$ 1.000,00 (campanha de marketing) = R$ 3.400,00;
  • receita — 60 combos x R$ 80,00 = R$ 4.800,00.

Aplicando a fórmula:

ROI = (RECEITA – CUSTO) x 100

CUSTO

  • ROI = (4.800,00 – 3.400,00) / 3.400,00 x 100
  • ROI = 0,41176 x 100 = 41,18%

Esse resultado mostra que a campanha teve êxito e que pode ser repetida. O percentual ajuda a definir se a campanha seguirá a mesma abordagem da anterior para manter os resultados ou se algum diferencial deverá ser incluído para aumentar as possibilidades.

Fizemos uma simulação pontual, mas se além desse tipo de investimento, você desejar visualizar o investimento na franquia como um todo, inclusive com o payback, não deixe de incluir o capital de giro nos custos.

Como otimizar o retorno de investimento em franquias?

Utilizar o ROI como ferramenta de medição é uma estratégia inteligente de um gestor com visão de negócio e olhar atento sobre os números. A vantagem de uma franquia é que ao abrir uma unidade, você já terá uma dimensão prévia do que é o negócio.

Entretanto, o fato de a rede apresentar boa aceitação de mercado e sucesso, não só da franqueadora como de todas as franqueadas em atividade, não quer dizer que a sua unidade será igualmente bem-sucedida.

É fundamental acompanhar o negócio de perto e os resultados pontualmente para depois comparar a receita com o que foi investido e verificar se está coerente com o que foi previsto inicialmente.

Veja nossas dicas de como você poderá fazer uma boa gestão e otimizar o retorno em investimento, com riscos calculados e prejuízo zero.

Conheça o seu perfil empreendedor

Não parece, mas essa dica tem tudo a ver com o ROI, pois uma nova franquia, por melhor que a rede seja referenciada e aceita no mercado, precisa ter à frente um empreendedor de perfil condizente com o tipo de negócio.

Além do conhecimento sobre as particularidades, as finanças e a operacionalidade, é essencial que haja uma identificação natural e, de certa forma, conforto para gerir o negócio. Essa é uma característica que fará toda a diferença quando você precisar se debruçar sobre números para calcular a lucratividade e a rentabilidade.

Aumente as receitas

Se você deseja um retorno mais rápido, aumentar as receitas pode ser uma boa estratégia, mas é preciso ter cuidado para não subir em igual proporção o valor dos custos fixos e variáveis, ou será inviável praticar o preço final no mercado.

Organize as finanças

Saiba, exatamente, em que o dinheiro está sendo aplicado e só assim você terá o controle efetivo das movimentações financeiras da sua franquia. Utilize planilhas ou um sistema próprio, mas não deixe de acompanhar dia a dia o fluxo de caixa e analisar o desempenho das contas, baseado no previsto x realizado.

Acompanhe o mercado

O mercado dita regras, tendências e também pode apontar um direcionamento de negócio que ajudará você em relação ao investimento. Acompanhe as variações da economia e, principalmente, aquelas ligadas ao segmento em que sua franquia estiver inserida.

As franquias têm como premissa seguir as regras e normas do franqueador, mas se você perceber que uma nova campanha ou um novo produto não terá boa aceitação na região em que você estiver instalado, por exemplo, talvez possa evitar investimentos sentenciados antes mesmo de serem realizados.

Mesmo para negócios consolidados e com excelentes chances de lucratividade, utilizar o retorno de investimento em franquias como métrica é um diferencial de gestão que vai colocar a sua nova unidade no rol das mais importantes para o franqueador ser você souber administrar o percentual de retorno além do esperado.

Você percebeu a dimensão e a importância que o ROI tem para quem está disposto a abrir um novo negócio de franquia? Se gostou deste post, que tal deixar um comentário e compartilhar com a gente o que você pensa sobre o assunto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *