Confira 6 ideias de negócios lucrativos para você tirar do papel

Tempo de leitura: 6 minutos

Investir em um negócio próprio e ser bem-sucedido é um desejo de inúmeros brasileiros com veia empreendedora e grandes ideias, mas é preciso ter cautela na hora de escolher entre tantos negócios lucrativos.

Não importa o tamanho do negócio que você pretende abrir e, sim, o potencial de sucesso da marca e o lucro que ela pode gerar, por isso é tão importante analisar o mercado e as possibilidades antes de se aventurar no mundo dos negócios.

Neste post vamos listar 6 opções de negócios criativos e as características de cada um deles para você avaliar e ter um parâmetro comparativo que ajude na decisão sobre o melhor tipo de negócio de que deseja estar à frente!

Qual é o conceito de negócios lucrativos?

Um negócio que gera um bom faturamento e rentabilidade, depois de deduzidas todas as despesas, pode ser entendido como lucrativo.

É o retorno positivo do investimento e a boa aceitação do mercado que ajudam a prever o quão lucrativo um negócio pode ser. Esse lucro não acontece da noite para o dia, e é fundamental acompanhar de perto, principalmente no início, avaliando o desempenho e cuidando para que o faturamento aumente.

O cálculo da lucratividade é relativamente simples — divisão do lucro mensal pelo faturamento do período e multiplicação por 100 para encontrar o percentual (quanto maior for o percentual, é sinal de que você está à frente de um negócio lucrativo).

Quais são as melhores opções de negócios lucrativos?

O número de negócios próprios cresceu muito nos últimos anos, seja pela crise financeira que obrigou diversos profissionais, vítimas do desemprego, a procurar outras fontes de renda, seja pelo faro de empreendedores visionários, que enxergam a lucratividade a quilômetros de distância.

O fato é que os negócios lucrativos continuam ativos, mantendo a chama do crescimento acesa e atraindo ainda mais empreendedores. Vale frisar que se identificar e gostar de comandar um negócio é fundamental para ter sucesso.

Outro fator essencial para fazer de um negócio lucrativo ainda mais rentável e promissor, é entender a fundo do negócio e das particularidades que envolvem a gestão do dinheiro, dos processos e das pessoas.

Conheça agora 6 negócios lucrativos e o desempenho de cada um no mercado!

1. Franquias

As franquias ganharam a preferência de muitos empreendedores por ser um negócio já estruturado e consolidado no mercado. Além disso, todo o processo que envolve a pesquisa de viabilidade e a elaboração do plano de negócio dá lugar ao trabalho propriamente dito.

Como a franquia nasce de um empreendimento que já existe, é possível avaliar as expectativas do mercado para uma nova unidade baseando nos resultados tanto do franqueador, quanto das outras franqueadas.

A vantagem da franquia é que você não vai precisar investir em divulgação, taxas de instalação e uso de uma marca que muitas pessoas conhecem e referenciam. Há franquias que, inclusive, se vendem sozinhas e você só precisará dar aquele toque especial de uma gestão própria.

A previsão para as franquias é de um crescimento contínuo, beirando os 10% todos os anos, o que tem uma representatividade de impacto no PIB do país. O mercado está repleto de franquias em ascensão — entretenimento e lazer, eventos, turismo e hotelaria, alimentação, saúde e beleza.

2. Loja virtual

Parece que ninguém gosta mais de sair de casa para realizar compras — essa é a sensação depois de vermos um número grande de e-commerces divulgados na internet e nas redes sociais, pois as lojas virtuais ganharam a preferência do consumidor.

A loja virtual ganhou também o mercado pelo formato de praticidade e economia, tanto para quem vende, quanto para quem compra. Embora a concorrência seja grande, contar com um mix de produtos variados e agregar bom atendimento como diferencial competitivo eleva as chances de lucro.

3. Especialista em ADs para Google e mídias sociais

Você já percebeu a infinidade de anúncios divulgados no Google e nas principais mídias do país? Pois, esse é um negócio que vem crescendo a cada ano. Os acessos são cada vez mais recorrentes e as campanhas de marketing alcançam uma legião de consumidores.

Ser especialista em ADs é criar boas estratégias de ranqueamento de uma marca no Google e potencializar o negócio nas mídias sociais depois de acompanhar as tendências e preferências, direcionado pelos comentários que os usuários deixam como rastro.

4. Ramo de alimentação saudável

A alimentação saudável nunca esteve tão na “crista da onda” como agora. A falta de tempo, a dieta, o estilo e filosofia de vida, ajudaram a traçar melhor o perfil do consumidor e estabelecer um nicho rentável.

As possibilidades de exploração são múltiplas e vão desde os congelados, até alimentos para os adeptos do veganismo. Os alimentos orgânicos também vêm ganhando a preferência de um público que enxerga na alimentação saudável um novo estilo de vida.

Intolerantes à lactose, por exemplo, tiveram que mudar completamente os hábitos alimentares e passaram a investir em outro tipo de alimentação, o que favorece as vendas de produtos livres de derivados do leite.

5. Estética

Entra ano, sai ano e os cuidados com a beleza continuam em alta. Esse é um segmento de destaque no mercado e que movimenta boa parte da economia brasileira. Os consumidores se preocupam em estar com a aparência saudável, e para isso não medem esforços ou recursos financeiros.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF) o segmento mostra tendências de crescimento , pois está em bom ranqueamento, entre as 50 maiores marcas de franquias do país, demonstrando um amadurecimento contínuo das franquias no Brasil.

6. Facilidades

Sabe aqueles serviços que são chatos de executar e que ninguém tem muita paciência? Pois é, trata-se de um excelente mercado para quem enxerga possibilidades de negócios. Os serviços de limpeza e conservação de uma casa, jardinagem, segurança são os chamados facilities.

Abrir um negócio que presta esse tipo de serviço para quem não tem tempo ou talento para serviços domésticos, principalmente, pode garantir uma boa lucratividade se você souber explorar os nichos.

Em qualquer um desses segmentos, a concorrência será grande, mas a oferta de diferenciais e principalmente a garantia de bons produtos e serviços, além de preços competitivos, farão com que o consumidor perceba o excelente custo-benefício que seu negócio oferece.

Há muitos negócios lucrativos que podem ainda ser explorados de uma maneira mais abrangente e em localidades que são carentes de bons produtos ou serviços. Os fatores localidade e concorrência são aqueles em que você mais precisa ficar atento para investir e ter um retorno lucrativo.

Quer ser franqueado da VIVA? Entre em contato conosco e saiba como!

Se você curtiu este post e deseja saber um pouco mais sobre oportunidades de negócios lucrativos, que tal assinar a nossa newsletter e ficar por dentro de tudo que acontece no universo de uma bem-sucedida franquia de eventos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *