5 boas maneiras de arrecadar dinheiro para a formatura

12 minutos para ler

Durante a faculdade, uma das maiores expectativas dos estudantes é o dia da formatura, o momento de comemorar a conclusão de mais uma fase, o fim das provas, receber o diploma e jogar o capelo pra cima.

Mas, pra garantir uma festa de arrasar, a turma precisa correr atrás de formas para arrecadar dinheiro para a formatura. Os custos costumam ser bem elevados, então, mesmo pagando as mensalidades durante toda a faculdade para arcar com o evento, conseguir um dinheiro extra ajuda a reduzir as despesas e garante uma festa inesquecível.

Porém, encontrar as melhores formas de fazer isso é uma das grandes dificuldades enfrentadas pela comissão de formatura. Pensando nisso, preparamos este post listando algumas dicas que podem ajudar a arrecadar mais dinheiro para essa festa. Quer saber quais são? Então continue com a gente!

A importância da arrecadação antecipada

A festa de formatura é um big evento e infelizmente não estamos falando de algo que custa pouco dinheiro. Para garantir o topo das galáxias, é preciso desembolsar uma quantia para pagar os melhores fornecedores e prestadores de serviços.

É preciso “segurar” aqueles que manjam muito dos paranauês de festa de formatura e, para isso, a maioria costuma exigir um sinal em dinheiro como forma de assegurar que a turma honrará o compromisso.

Você pode estar se perguntando “pra que isso tudo, gente?” e isso nós vamos explicar. Muitas turmas se formam basicamente na mesma época e a forma mais adequada de garantir os serviços mais importantes, como empresa de formatura, aluguel do espaço, buffet, segurança, fotógrafos e banda, é se comprometendo juridicamente.

Da mesma forma que bate do lado de cá um medinho das coisas não saírem como a turma sonha, do lado de lá, todos os fornecedores precisam ter certeza da contratação para fazerem preparativos, afinal, uma festa desse porte não pode ser organizada da noite para o dia.

Por isso, a grana deve entrar o quanto antes para que todos os envolvidos avancem, preventivamente, no planejamento. O salão de festa cuida da estrutura, o buffet prepara o cardápio, a segurança treina funcionários, os fotógrafos investem em equipamentos, a empresa de formatura cuida de toda a organização e por aí vai.

As 5 dicas de arrecadação para o fundo de formatura

No geral, as turmas começam a juntar dinheiro desde o início do curso, que é pra não passar perrengue no final por falta de verba. Além das tradicionais mensalidades é possível criar alternativas para levantar dinheiro.

Como a gente está muito acostumado com ações das turmas para levantar recursos, trouxemos algumas ideias que podem ajudar a comissão a traçar um plano de arrecadação que seja criativo, prático e eficiente. Se liga nas nossas sugestões!

1. Criar rifas

Parece clichê, mas as rifas estão sempre em alta quando o assunto é arrecadar dinheiro para a formatura. Essa é uma das formas mais simples que você vai encontrar de levantar uma grana e, com a colaboração de toda a galera, os lucros podem ser bem altos.

São várias opções que podem ser rifadas, desde uma cesta de café da manhã até um tablet ou uma televisão. Mas lembre de que isso também influencia no valor do bilhete, e o dinheiro arrecadado deve ser suficiente para pagar o brinde e sobrar uma boa grana para a formatura. Sabe aquele colega que sempre se deu bem com cálculos? É aqui que ele vai brilhar!

Depois de definir o que será rifado, estipular o valor da rifa e confeccionar os bilhetes, é hora de convocar toda a turma para começar as vendas. Vale tudo: aproveitar o jantar de família e oferecer uns bilhetes pros parentes, intimar os amigos para dar uma forcinha e dar aquela chorada pro chefe do estágio também comprar.

Nem sempre conseguir um comprador vai ser fácil, mas pense pelo lado bom: essa é uma ótima oportunidade para treinar o seu poder de persuasão e fazer uma oferta que eles não poderão recusar, usando aquele jeitinho especial.

Mas, olha! É muito importante escolher bem os prêmios, pois é bem punk participar de rifas em que eles não causam aquela vontade louca de ganhar um mimo que custa pelo menos cinco vezes mais que o valor do bilhete.

É claro que tudo depende do valor da rifa, mas como é possível fazer várias ao longo do curso, abuse da imaginação, começando com uma rifa modesta para sentir o potencial de adesão, para depois ir ousando nas próximas edições.

Veja a seguir algumas ideias em escala evolutiva para usar como prêmios das rifas.

Cesta tamanho família

Crie uma cesta que o ganhador possa compartilhar entre os amigos e a família e ter a certeza de que fez um bom negócio — ele certamente vai querer participar da próxima. Coloque na cesta chocolates, queijos, doces, sucos, guloseimas e de quebra um joguinho de tabuleiro que é pra tornar a abertura mais divertida.

Eletrônicos e eletrodomésticos

Quem não ficaria felizão em ganhar aquela TV enorme para colocar na sala de visitas ou trocar o notebook por um mais atualizado? Há também quem esteja precisando de uma geladeira ou um micro-ondas top.

São muitas ideias para esse tipo de rifa e o importante é que o prêmio faça jus ao valor do bilhete. Por isso, nada de cobrar um valor muito alto por um aparelho que a comissão sabe que não terá custo-benefício. Queimar o filme não garante adesão na próxima rifa, fica a dica!

Pacote de viagem para duas pessoas

Ah, fala sério! Quem não vai querer ganhar um prêmio desses pelo preço de uma rifa? Com uma boa divulgação e seriedade na hora de vender a rifa, muitas pessoas vão colaborar e já ir pensando naquele destino dos sonhos.

Use o IG da turma no Instagram para ampliar a divulgação e alcançar o maior número possível de adesões. Quanto mais rifas forem vendidas, maior a arrecadação para cobrir os gastos com o pacote e gerar lucro para a turma.

Escolha um destino bacana, com atenção à estação na época do sorteio. Vai dar ruim sortear uma viagem para Florianópolis em pleno inverno ou uma estadia nas montanhas em Monte Verde num calor infernal.

O planejamento é a alma do negócio e, se for possível, combine com a agência de viagens um prazo X para que o sortudo possa usufruir do seu prêmio. É essencial que as regras estejam bem claras na hora de vender a rifa para evitar fadiga e mal-entendidos quando ocorrer o sorteio.

Motocicleta ou automóvel

Aí subiu o nível em grau máximo, hein? Pensa com a gente, se a comissão fizer uma rifa com direito a uma viagem para duas pessoas e der tudo certo, vai demonstrar que a turma sabe organizar uma rifa de reponsa e geral vai confiar e se dispor a arriscar a sorte.

Na boa, quem vai deixar de comprar um bilhete, dois ou três, e concorrer a uma moto ou um carro? Melhor que loteria. Quem gosta da turma e percebe os esforços para se formar e ter a tão sonhada festa e ainda poder ganhar um prêmio tão robusto, vai colaborar, com certeza!

Aqui, é preciso ser ainda mais organizado, garantindo os direitos de posse do ganhador sobre o prêmio, inclusive, aquelas taxas de transferência. Veja todos os custos, os riscos, os ganhos, as possibilidades de lucro e mãos à obra.

2. Organizar festa e eventos

Essa é uma dica de ouro porque, além de arrecadar dinheiro para a formatura, ainda rende muitos rolês com a turma! A comissão pode organizar festas, baladas e as conhecidas cervejadas da faculdade para angariar fundos e curtir a ressaca no dia seguinte: vocês devem cobrar um valor de entrada que cubra as despesas e ainda traga bons lucros.

É preciso boa organização, verificar a capacidade do local e ter bons fornecedores para que a festa seja um sucesso. Aqui também vale negociar e tentar firmar parcerias para garantir um evento top e aumentar os ganhos. Que tal testar sua capacidade de negociação e tentar receber parte dos lucros obtidos com a venda de bebidas?

São diversas as possibilidades que podem ser exploradas, por isso, prepare-se para negociar e conte com ajuda para organizar cada festa. Nesse momento, é hora da comissão de formatura mostrar a que veio e focar no planejamento, afinal, se os lucros forem altos, o fundo de formatura vai se beneficiar.

Porém, se o evento flopar e os resultados não forem os esperados, a turma precisará encarar os prejuízos — e essa, definitivamente, não é uma boa ideia.

3. Montar um bazar colaborativo

Se você assiste filmes e séries, já deve ter visto vários bazares e vendas de garagem organizados para levantar uma grana. Então, por que não aproveitar essa ideia e arrecadar dinheiro para a formatura? São vários os itens que podem ser vendidos, por exemplo:

  • roupas;
  • sapatos;
  • acessórios;
  • objetos decorativos;
  • livros;
  • doces e quitutes caseiros.

Enfim, o negócio é juntar a turma e descobrir como cada um pode ajudar. Para conseguir um bom volume de objetos para venda, vale também conversar com pais, amigos e parentes e pedir doações. Sempre dá de encontrar algum objeto que está sem uso e pode ter um novo lar, não é mesmo?

Mas é preciso ter atenção: qualquer colaboração é bem-vinda, só que os itens vendidos devem estar em boas condições, mesmo que sejam usados. Avalie com cuidado e, na hora de determinar o preço, considere o estado de conservação, não o valor sentimental.

Também é importante organizar com antecedência, já que vocês terão bastante trabalho pela frente, como arrecadar os objetos, bolar o preço, encontrar o local e divulgar o bazar. Para garantir o sucesso nas vendas, a sua turma precisa chamar a atenção do público para atrair as pessoas interessadas em fazer algumas comprinhas.

4. Crie produtos personalizados

Depois de passar por todo o ensino médio, lutar pela sonhada vaga na faculdade, dá vontade de mostrar pra todo mundo que você tá na faculdade e o curso que você escolheu.

Vou contar uma coisa: não é só com você que isso acontece. Então, nada melhor do que aproveitar esse público que mal pode esperar para fazer isso e vender alguns itens personalizados, não é?

A sua turma pode se organizar para criar diversos itens focados no seu curso, por exemplo:

  • camisetas;
  • bonés;
  • canecas;
  • mochilas;
  • bolsas;
  • chaveiros;
  • moletons;
  • canetas;
  • mouse pads.

Na verdade, opções não faltam. O negócio é juntar toda a turma e discutir as opções mais atraentes para o pessoal e, depois, vender para colegas de sala, calouros, veteranos e, até mesmo, para professores.

Para ter sucesso nas vendas, é preciso encontrar um bom fornecedor, conseguir ótimos descontos e definir metas de venda. Com toda a turma engajada em arrecadar fundos e vender os produtos do curso, com certeza os resultados serão ótimos. E se bater o desânimo, visualize aquela festa topzera e foca na formatura!

E, analisando bem, essa é uma boa oportunidade de aprendizado. Arrecadar dinheiro para a formatura também dá a chance de afiar as suas técnicas de negociação e sair da faculdade pronto para conquistar o mundo e lidar com o mercado de trabalho.

arrecadacao-formatura

5. Investir na divulgação

Existem várias ideias sobre como arrecadar dinheiro para a formatura, mas, sempre que quiser colocar alguma em prática, lembre-se da divulgação. Afinal, as pessoas precisam saber o que está acontecendo para que possam colaborar.

Ah, mas como fazer isso? Bom, eu tenho duas palavrinhas pra você: redes sociais. Elas oferecem ótimos canais de comunicação, então poste no Facebook, no Instagram, no Twitter e mande mensagem nos grupos de família do WhatsApp.

Enfim, use e abuse das suas redes para divulgar as ideias para juntar dinheiro da comissão de formatura. Lembra que falamos do IG da turma? Pois é, o que não é visto não é desejado, logo, divulgação é vida e dinheiro no cofrinho.

Aproveite a onda de lives, das pessoas conectadas por muito tempo na internet e crie interações criativas para divulgar as rifas. Invista em uma produção mínima para mostrar que os prêmios valem a pena.

As pessoas funcionam visualmente e gerar nelas a expectativa de obter um prêmio por um valor “irrisório” pode fazer a campanha viralizar e a turma vender os bilhetes muito rápido — quem sabe não rola uma rifa atrás da outra? Vai que!

Essas são apenas algumas das formas que você pode adotar para arrecadar dinheiro para a formatura. Em todos os casos, é preciso contar com o apoio de toda a turma e se organizar com antecedência para conseguir juntar um bom valor.

Isso pode gerar algumas noites mal dormidas e horas de cálculo para fechar o orçamento, mas na hora de curtir a festa e comemorar o fim da faculdade, você vai olhar para trás e ver que valeu a pena.

Se você curtiu este conteúdo, compartilhe agora mesmo nas suas redes sociais e deixe que também a galera que está nos preparativos da festa de formatura tenha ideias do que pode ser feito para arrecadar a grana necessária. Geral vai agradecer a sua ação de empatia!

Posts relacionados

Deixe um comentário