Negócio próprio ou franquia: em que investir?

Tempo de leitura: 6 minutos

Negócio próprio ou franquia? Você poderia responder “um ou outro” levando em conta todos os fatores necessários para abrir um novo negócio — pesquisa, escolha do segmento, planejamento, investimento, gestão e tudo o mais que envolve o desafio de se destacar no mercado.

Acontece que, mesmo com algumas similaridades, são negócios completamente diferentes eo melhor é fazer um comparativo sobre as características de cada um para tomar uma decisão pautada principalmente na sua sintonia com o tipo de negócio.

O objetivo deste post é ajudar você a decidir se é melhor investir em um negócio próprio ou franquia. Você deve, inclusive, refletir sobre o seu perfil empreendedor, a capacidade orçamentária e o nível de experiência para assumir o comando como empreendedor.

Negócio próprio ou franquia: o que considerar para a decisão?

Se você está pensando em ser o seu próprio patrão, duas formas de negócios podem ser o ideal para investimento. Entre ter um negócio próprio — com construção de uma marca — e uma franquia — com a responsabilidade de manter a autoridade da marca no mercado —, o melhor caminho é analisar as vantagens de cada um.

Negócio próprio

Abrir um negócio próprio e começar do zero não é fácil — exige do empreendedor uma capacidade analítica apurada. Além de estudar a viabilidade do mercado, deve calcular o potencial de vendas e lucratividade, o que pode ser um grande desafio exatamente pela falta de parâmetro comparativo.

Mas se você quiser criar uma identidade pessoal e desenvolver uma marca própria, com dedicação, estudo e aplicação de todo o aprendizado, as chances de dar certo se ampliam e solidificam na abertura de um negócio próprio.

No negócio próprio você terá a liberdade de criar e inovar do jeito que achar mais interessante. O crescimento e o desenvolvimento do negócio dependerão, exclusivamente, do seu talento como empreendedor e também da visão de negócio.

Sem vínculo ou regras específicas, nesse tipo de negócio as ações de marketing e as decisões sobre as campanhas correrão por sua conta e a responsabilidade sobre o resultado será atribuída à sua gestão, o que de certa forma é bom, pois, você não sentirá o peso de manter a credibilidade de uma marca, como no caso das franquias.

Se você decidiu ter um negócio próprio para não precisar reportar a ninguém as suas decisões, esse é o melhor negócio para abrir. Mas lembre-se de que toda a conquista — de espaço da marca, de engajamento da equipe, de referência no mercado e de rentabilidade — não será atribuída a outro responsável que não você.

Franquia

Se de um lado a responsabilidade e gestão sobre um negócio próprio parece algo solitário e individualizado, na franquia a realidade é outra e você encontrará amparo não só no franqueador, mas em todos os outros franqueados, em função do objetivo coletivo de manter a marca ativa no mercado.

Um franqueado que não esteja conduzindo o negócio adequadamente vai colocar a imagem da marca em risco e todos os outros, certamente, tomarão providências antes que isso aconteça. Veja como positivo, pois você nunca estará sozinho diante dos obstáculos.

As franquias estão em alta no mercado e com perspectivas cada vez melhores de crescimento. Com isso, você não precisará perder tempo com pesquisas de viabilidade ou passar um tempo tentando tornar a marca conhecida. Ou seja, seu negócio já entra no mercado faturando e sua missão será de aumentar esse faturamento.

Um negócio franqueado tem suporte e consultoria do franqueador no início de abertura do negócio. Além de promover as ações de marketing, o franqueador se compromete a preparar a equipe para atuar de acordo com o perfil da marca e dentro dos padrões já desempenhados nas outras franquias.

Você precisará seguir algumas regras contratuais, mas se verá livre de montar plano de negócios ou investir tempo e dinheiro para engajar a marca. A franquia já tem um nome forte no mercado e cabe a você manter e dar continuidade em sua nova unidade.

Os riscos da franquia são menores que os de um negócio próprio. Com uma marca já consolidada, as chances de dar errado são mínimas, embora existentes. As taxas de franquia são para que o franqueador ajude a afastar os perigos de insucesso do negócio.

Ao abrir uma franquia, mesmo que você tenha que se preocupar com a divulgação da inauguração, o fato da marca já ser reconhecida no mercado cria uma expectativa natural naqueles clientes fidelizados — você só precisará perpetuar o que já foi conquistado pela marca.

Como deve ser o seu perfil empreendedor para cada tipo de negócio?

Para fazer um investimento é importante que você se identifique com o negócio e esteja disposto a enfrentar os desafios. Independentemente de abrir um negócio próprio ou franquia, sua paixão pelo empreendimento contará muito para determinar o seu comportamento em diversos momentos.

Sob esse aspecto, a franquia pode ganhar do negócio próprio. O negócio próprio é um novo segmento que você se sente na obrigação de fazer dar certo. Uma franquia é um negócio pronto que você terá a oportunidade de escolher com base no desempenho da marca e no próprio perfil empreendedor.

As dores e dissabores da consolidação são praticamente inexistentes em uma franquia. Você, antes de fazer a sua escolha, poderá avaliar se o seu perfil está de acordo com o tipo de gestão que cada negócio requisita.

Há franquias, por exemplo, que exigem um perfil dinâmico e expansivo, enquanto outras obrigam ao franqueado um comportamento reservado e analítico. No negócio próprio, suas escolhas são mais limitadas e limitantes, embora não deixe de ser também um bom caminho no mundo dos negócios.

É fundamental compreender a importância de se tornar empreendedor e responsável pelo trabalho e empregabilidade de diversas pessoas. Um negócio próprio ou franquia causam impacto sobre a economia, por isso todo o seu empenho deve ser voltado para o sucesso, a produtividade e o lucro, fruto de muito trabalho e amor pelo novo desafio.

Se você gostou deste post e continua disposto fazer investimento em um negócio, pode descobrir na franquia um excelente campo de atuação. Quer ser franqueado da VIVA? Entre em contato conosco e saiba como!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *