Você sabe o que não pode faltar em uma colação de grau?

Tempo de leitura: 6 minutos

Se você está lendo este post, é porque tá super a fim de se formar e já anda preocupado com a colação de grau, né? Estamos aqui megafelizes em saber que vamos poder contribuir de alguma forma para a realização de um projeto tão massa!

Antes de pensar no gran finale é fundamental planejar todos os detalhes da formatura — desde a comissão, passando pela colação de grau até chegar ao baile com aquele festão de arromba.

Este post é para a gente focar na colação de grau e em toda a organização para que nada, nadinha mesmo, saia diferente do planejado. Afinal, aquele momento top de jogar o capelo para cima (eu disse capelo, apesar de o cabelo ficar em pé muitas vezes) é único e intransferível.

Como organizar uma colação de grau mega top?

Ao criar a comissão de formatura, a turma já deve atribuir responsabilidades aos membros e chamar o restante da galera na responsa, afinal, se todos vão participar quando tudo estiver um luxo, bora arregaçar as mangas para fazer acontecer.

São muitas atividades e muitas arrecadações até o final do curso para bancar a parada. Hajam festinhas paralelas, rifas e chaveirinhos. Por que tudo na vida tem uma relação de ônus e bônus, sabe? Maaaaas como os perrengues têm foco na celebração, na festa e na realização, vamos caminhando no melhor estilo “dá nada pra nós” e ficará tudo bem.

A colação de grau é uma solenidade com direito a tapete vermelho, uma playlist dahora e beca impecável. Já ouviu alguém dizer: “Pô, tá na beca, hein?”, quando você está produzido? Por aí já dá para sentir o nível do acontecimento. O evento obedece a alguns protocolos que você e sua turma precisam seguir para não pagar aquele mico.

Para começar, a colação é obrigatória, portanto, aquele coleguinha diferentão pode até não gostar de festas e declinar da participação do baile, mas não vai conseguir fugir da solenidade de colação de grau.

Receber bênçãos nunca é demais, por isso, para deixar todo mundo feliz, o ideal é celebrar um culto ecumênico em data antes da solenidade. Até porque, a turma toda vai precisar de muitas bênçãos mesmo para aguentar a maratona de eventos, solenidades e a badalada festa do baile. Ufa, oremos!

Quais são as etapas da solenidade?

Alguns personagens importantes, além dos formandos e familiares, não podem ficar de fora na hora de planejar o momento topzeira de recebimento do querido canudo. Lembre-se: discursos prolongados e redundantes dão sono, sério! Confira!

Definir orador

O orador é aquele aluno de destaque, que representa bem a essência da turma e do curso. Ele vai discorrer sobre o tempo de convivência, o aprendizado, os perrengues coletivos e o quanto estão felizes pelo momento. Vai falar ainda da importância da instituição na vida de cada um. Os minutos vão ser breves, mas garanta um lencinho na mão de cada formando porque o chororô pode durar uma eternidade.

Escolher o patrono

Essa função dentro da solenidade é massa porque mostra para todos os presentes quem serão vocês, enquanto profissionais, dali por diante. O patrono tem a missão de salientar a importância da profissão e a responsabilidade de cada um como cidadão e profissional no mercado.

Convidar o paraninfo

Essa é aquela função queridinha e disputada, pois as preferências são muitas pelos professores irados do curso ao longo do período de formação. Costuma dar votação em sala de aula para saber qual será o mestre querido a apadrinhar a galera e discursar sobre a profissão escolhida. Só não deixa ele falar muito, porque professor adora da uma canja.

Convocar o juramentista

Cada curso e profissão tem um juramento, e um aluno é o escolhido para convidar a galera a ficar de pé, esticar o bracinho direito na altura do ombro, puxar o coro do “eu prometo” e “eu juro”. É legal demais perceber que ali sai de cena o estudante para entrar o profissional e sua bagagem de formação. É melhor ter um estoque de lencinhos, viu?

Homenagear um professor

Normalmente, naquele impasse de determinar paraninfo e homenageado, vencem os dois professores mais queridos e incríveis para compor o lugar de representatividade docente na vida de todos os formandos.

Ao final, vem o discurso do diretor da instituição agradecendo a todos os presentes, em especial aos alunos que abrilhantaram os corredores e as salas de aula durante o seu período de estadia.

Você está conseguindo dimensionar a trabalheira que dá isso tudo? Coleguinha! Se prepara porque é chumbo grosso. Senhoooor!!! Não é mole, porque tudo tem protocolo, tem prazo, tem horário, tem inclusive ritmo. Sim, não dá para entrar no salão, cada um em um passo.

Tem que ser numa cadência única, quase soldadinho mesmo (se bem que mais parecem pinguins). Para funcionar bem, o ideal é ensaiar algumas vezes para encontrar o tom e não errar. O local precisa comportar o número de convidados e ainda sobrar espaço para uma boa locomoção, senão, ficará tudo embolado mó muvuca, e aí, não tem Photoshop que dê jeito nas postagens do Instagram.

A gente sabe que você e a galera dão conta do recado, mas precisamos dizer que os detalhes na hora da emoção podem passar despercebidos e fazer uma baita diferença no resultado geral. Além do mais, existe vida fora dos estudos. Enquanto a galera vai toda pro rolêzinho, uma empresa experiente no assunto pode garantir que tudo sairá nos conformes.

Vou explicar melhor: uma empresa experiente já viu beca rasgar e formando entrar em pânico sem saber como costurar, já percebeu um “branco” na galera ao entrar por outro lugar, já viu juramentista esquecer o que tinha para jurar e formando passar mal na hora de subir para receber o diploma.

Por que estamos contando tudo isso? Porque acontece mesmo, e na hora é difícil para a turma, envolvida pela emoção, racionalizar a situação e pensar rápido em uma solução. É gente como a gente — profissas de gabarito — que estarão lá, a postos, para segurar a peteca, antes que ela caia no chão.

Se você gostou deste post sobre a organização da colação de grau, precisa ficar antenado nas nossas redes sociais para ter acesso a mais conteúdos cheios de informação. Estamos no Facebook e no YouTube. Confere lá!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *