7 dicas infalíveis de como fazer uma boa redação

Tempo de leitura: 6 minutos

Como fazer uma boa redação? Essa é uma perguntinha que pode parecer difícil de responder, mas, na verdade, nem tanto assim. É possível se preparar bem para uma redação se levar em conta alguns fatores.

Para início de conversa, é fundamental entender que sem um bom resultado na redação, a tão sonhada vaga na facul pode ir por água abaixo ou, para quem já passou no vestibular é de doer o coração uma nota ruim daquele professor que não aceita uma vírgula fora do lugar.

Independentemente da finalidade da tarefa, nosso objetivo com este post é deixar 7 dicas infalíveis para ajudar você a fazer uma boa redação e, além de obter um resultado positivo, você desenvolverá a habilidade de gerar bons argumentos por meio da escrita! Veja só!

Qual é a importância da redação nas provas?

Só quem se submete a algum tipo de prova ou exame sabe sobre o peso da redação no resultado final. O impacto costuma ser grande — mandar muito bem em diversas questões e não ter o mesmo sucesso na redação pode comprometer a conquista do objetivo.

Se você não tem habilidades bem desenvolvidas para colocar as palavras nos lugares ideais enquanto escreve, não sofra, pois existem alguns métodos de preparação que vão ajudar você e direcionar, passo a passo, o roteiro da sua redação.

A redação pode, inclusive, ser usada como critério de desempate entre dois ou mais candidatos. É melhor então se concentrar ao máximo em aprender como fazer uma boa redação dominando as técnicas para aplicar corretamente no texto.

Como fazer uma boa redação?

Você já deve saber a regra básica da construção textual: uma redação deve conter introdução, desenvolvimento e conclusão. Lembre-se disso quando estiver prestes a iniciar a sua redação e escreva primeiro para em seguida reorganizar as ideias.

Vamos agora apresentar a você as 7 dicas que acreditamos serem infalíveis para você fazer uma redação de forma tranquila, com a segurança de quem sabe da relevância do conteúdo.

1. Aposte na simplicidade

Você conhece o ditado “menos é mais”? Ele é bastante apropriado para a nossa primeira dica, quando citamos a simplicidade. Utilizar muito as palavras rebuscadas como tentativa de um bom argumento pode ser um tiro no pé se a proposta da redação não for tão elitizada.

Explore bem o vocabulário utilizando as palavras adequadas, mas não exagere, pois você pode pecar por excessos e ser penalizado com uma nota baixa por falar muito bem, mas ser pouco compreendido.

2. Tenha objetividade quanto à sua escrita

Nada pior que uma redação cheia de rodeios e que demora a dizer a que veio. A objetividade é uma característica apreciada pelos avaliadores e demonstra que você estudou previamente sobre as técnicas de argumentação e adequação das frases dentro do texto.

Não construa frases muito longas e não seja repetitivo em sua redação. Pense que quem estiver do outro lado lendo o seu texto deve se sentir confortável com a leitura. A repetição de palavras empobrece o texto e causa fadiga em quem ler.

3. Siga a proposta do texto de acordo com o tema

Quando você receber as orientações sobre a redação a ser redigida, atenha-se ao que está proposto. Tente ser fiel ao tema, desenvolver um texto que transmita um bom argumento e segurança, sem fugir do foco principal já apontado.

Tem gente que viaja na maionese, escreve coisas nada a ver e depois vai reclamar por virar memes nas redes sociais. Não queira fazer parte do famigerado grupinho que vai lá fazer uma prova só pra dizer que prestou vestibular. Azinimigas estão de plantão, só esperando a sua derrota!

 4. Conte com uma tese bem definida

Antes de começar a escrever, defina uma linha de raciocínio mais confortável, sob um viés que você domina e desenvolva os argumentos em cima disso. Para facilitar, faça um pequeno esboço do que será abordado e distribua as principais ideias na estrutura para visualizar o texto como um todo.

Assim, você terá um ritmo da escrita, mesmo se perder a concentração (é normal ficar nervoso e disperso em provas decisivas, viu?). Estabelecer uma tese é o melhor caminho para não ficar um tempo parado tentando começar a redação. A cabeça é frenética!

 5. Tenha coerência

Ahhh, a coerência! Quem nunca ouviu o professor de Português ou Literatura falar dessa palavrinha minúscula que constrói ou destrói a beleza de um texto. É difícil pakas criar uma conexão entre os assuntos de um texto.

Dependendo do tema então, é mesmo um perrengue, dos grandes. Tudo que você tem a fazer durante a produção é ordenar as ideias e os aspectos principais da narrativa. Você pode recorrer às figuras de linguagem e às metáforas que estará tudo bem, dependendo do tipo de redação que estiver produzindo.

Refletir sobre o tema proposto e formular perguntas mentais sobre o assunto pode ajudar a montar um texto altamente coerente. Nesse momento, é a hora de esquecer aquelas frases desconexas e cheias de códigos que você tem costume de trocar com os migos.

6. Aposte em bons argumentos que comprovem a tese

Se você defende uma ideia, seus argumentos devem convencer quem estiver lendo e avaliando a sua redação de que você está com toda a razão e que, portanto, a sua tese faz total sentido.

Se você estiver bem preparado e seguro quanto aos fatos inseridos na narrativa, capriche no uso de palavras de significado e contextualização fortes. Elas enriquecem o texto e tornam a leitura prazerosa.

7. Releia o texto algumas vezes com o objetivo de identificar erro

Quando você terminar a redação, leia e releia para, além de encontrar errinhos de pontuação ou gramática, verificar se faz mesmo sentido tudo o que você escreveu. A repetição de palavras pode “matar” uma redação muito top.

Por isso, administre o tempo destinado para a redação e outras questões da prova — para dar tempo de revisar e descobrir onde e se a redação pode ser melhorada. Mas cuidado para não ter um senso crítico muito apurado e começar a mexer tanto no texto a ponto de perder o sentido na nova versão.

Agora você já sabe como fazer uma boa redação e, certamente, percebeu o quanto ela pode ser um diferencial para se destacar nas provas e exames. É bem legal escrever um texto que as pessoas vão gostar de ler e que mostre propriedade sobre o assunto.

 Se você curtiu este post, nosso blog está repleto de conteúdos interessantes com atualizações constantes. Que tal assinar a nossa newsletter e receber todos eles direto na sua caixa de entrada? Assim você vai ficar por dentro de várias dicas e de tudo que rola no universo acadêmico!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *