Aprenda agora como organizar uma calourada inesquecível

7 minutos para ler

Você já participou de uma calourada? As festinhas da faculdade são as melhores do mundo e servem para criar uma atmosfera de pura diversão e entrosamento na galera, o que é importante, afinal, serão bons anos de convivência diária.

Outro aspecto importante de organizar as festas pré-formatura é a oportunidade de arrecadar uma grana para investir no grande baile de formatura. Uma organização de primeira aliada a uma divulgação de responsa vai esgotar os ingressos rapidinho.

Neste post trouxemos informações sobre essa festa top e como fazer a organização daquela que pode ser a melhor calourada de todos os tempos. Fala sério! Vai ser lindo e você vai sair da faculdade já pensando em abrir uma franquia de eventos, hein!

O que é uma calourada?

É tradição! As faculdades já estão acostumadas as ver seus alunos se movimentando pelos corredores nos intervalos fazendo alvoroço sobre a organização de uma das festas mais badaladas do meio universitário.

A calourada pode ser realizada para receber os alunos recém-aprovados na instituição ou mesmo engordar o porquinho para ajudar no custeio da grande festa no final do curso. O fato é que vai rolar a festa!

Uma calourada bem organizada — com segurança e atrativos — vira a sensação da facu e a turma pode, inclusive, organizar uma a cada semestre que vai ter gente querendo reservar o ingresso para não perder o babado fortíssimo.

Se o objetivo da turma for arrecadar dinheiro, a atuação da comissão de formatura é fundamental para dar um ar institucional na organização e acompanhar tudo de perto, para garantir um dia de sucesso e sem prejuízos.

Como organizar uma calourada para ficar na memória?

As festas são comuns nas faculdades e quando se fala em calourada, logo, todo mundo se anima querendo saber o que vai rolar e se vale a pena participar. Isso obriga os organizadores da festança a dar uma atenção especial a alguns aspectos e não fazer feio diante da galera.

Quer arrasar na organização? Então se liga nas dicas a seguir e você vai estourar o perfil do Instagram com o excesso de likes em cada fotchenha postada.

Escolha o local do evento

Não dá para fazer uma festa dessas em qualquer lugar. Se a ideia é receber um número grande de pessoas pense em um lugar amplo, com espaço para locomoção e, principalmente, uma pista de dança porque a galera vai se esbaldar.

Pode ser um sítio, um salão ou até mesmo a casa de um coleguinha, gentilmente cedida por aqueles pais que adoram ver a casa cheia. O importante é garantir um local em que todos se sintam confortáveis e seguros.

Defina as atrações

Sem música a vida seria um erro, já dizia Nietzche, filósofo. Festa sem música ou atrações para entreter a galera não é uma calourada de verdade. Escolha um repertório variado para agradar a todos os gostos e intercale com jogos ou brincadeiras para interagir os coleguinhas.

O legal de uma calourada é que ela reúne estudantes de vários cursos diferentes. O resultado? Amizades que se formam, crushs que se encontram, fotos arrasadoras, memória de um tempo que não volta mais e muita, muuuuita diversão!

Providencie comidas e bebidas

O sucesso de uma festa está metade atrelada a um bom cardápio com comidas e bebidas de dar água na boca. A galera vai chegar, se ambientar, fazer um social, mas assim que possível vai percorrer o espaço com o olhar à procura das gostosuras da festa.

Powered by Rock Convert

A outra metade ficará por conta dos atrativos, da boa música, mas pode apostar que é uma voltinha, um salgadinho. Escolha um buffet que já esteja acostumado com esse tipo de festa e nenhum organizador terá que se preocupar com o apetite dos participantes.

Entretanto, fique atento à quantidade de comida e bebida para evitar tanto o exagero, quanto a falta de petiscos. Mas, como definir essa quantidade? Leve em conta o tempo de duração da festa, a quantidade de homens e mulheres e o tipo de bebida servido.

Normalmente cada pessoa consome cerca de 20 salgadinhos se o estilo da festa for coquetel ou 300 a 500 gramas de carne em churrascos. Se tiver massa, grande parte das pessoas consome cerca de 150 gramas.

Pensando nas bebidas — depende muito da estação do ano, do período do dia — algumas como cerveja, refrigerantes e águas são, geralmente, inclusas no serviço de buffet, embutido no custo por pessoa. 

Entretanto, sucos, champagne, vinhos, whisky e energéticos são bebidas servidas à parte e conforme as opções de comida ou até mesmo estilo da calourada.

A melhor forma de visualizar se os valores praticados pelo buffet estão adequados é fazer orçamentos com mais de um fornecedor e tirar um tempo para pesquisas de preços em supermercados para fazer uma boa negociação com o buffet — pode dar um trabalhinho, mas valerá a pena economizar bons dinheiros para investir em outra coisa.

Divulgue a calourada para vender os ingressos

Seja criativo e use os melhores canais para divulgar a calourada. Crie um cartaz chamativo, com informações sobre as atrações, o local, data e horário. Esses dados são muito importantes para que os interessados se organizem.

Use as redes sociais, aproveite a popularidade daqueles coleguinhas com mais de mil seguidores cada e alguns espaços de maior concentração da galera. Assim, as chances de quórum e sucesso da festa são bem maiores.

O quanto antes a divulgação começar, mais oportunidades para vender os ingressos. Deixar para última hora é correr o risco de muitos estudantes não terem grana para pagar o ingresso ou se comprometerem com outros eventos.

Na venda antecipada rola de fazer uma propaganda mais caprichada, para que o coleguinha veja o quanto vai ser beneficiado com o investimento. Festas acontecem o tempo todo entre alunos das universidades. Faça o que for possível para que a da sua turma seja “A festa” e será.

Conte com o apoio de empresas especializadas

Por mais que a comissão esteja bem empolgada com a organização da calourada, pode ser que coincida com a semana de provas ou apresentação e trabalhos. Alô tempo, vai devagar! Não dá tempo mesmo para muita coisa, mas a festa precisa acontecer.

O que fazer para garantir uma festa topzeira? Contar com o apoio de empresas que são expert nas festas universitárias e pedir um help na organização. Empresas que organizam festas sabem bem o tipo que bomba, conhecem todos os buffets dos deuses e têm indicações de espaços fabulosos.

Sem contar que, ao contratar uma empresa desse nível, toda a equipe que estiver organizando a festa vai curtir junto com o resto da turma essa fase de preparação. É confortável dividir a responsa com quem entende exatamente todos seus perrengues.

Não dá para passar batido na faculdade sem realizar uma calourada, não é mesmo? É o tipo de festa que não se pode abrir mão, mas que deve ter o ponto alto na organização. Imagine, cervejada rolando e você se esquecer de contratar justamente o pessoal do banheiro químico? Nem rola e é melhor mandar cobrir a piscina.

Se você curtiu o post e já está sonhando com a festinha, que tal deixar a gente tornar realidade e colaborar para uma organização top das galáxiasEntre em contato! Nós da VIVA Eventos temos um time de especialistas que vai fazer da sua calourada um acontecimento inesquecível!

Posts relacionados

Deixe um comentário