Saiba como aprimorar o seu perfil de liderança na faculdade

Tempo de leitura: 6 minutos

Algumas pessoas ouviram muito quando crianças um ditado “manda quem pode e obedece quem tem juízo”. Esse era o bordão mais usado pelas mães e tias e avós quando queriam fazer valer seu poder — e ai daquele que ousasse contrariar. Os tempos mudaram e o perfil de liderança mudou junto.

Já se perguntou se tem talento para a liderança? Não vale dizer que foi líder da revolução dos bonecos do quintal da sua casa. A brincadeira vai se tornar coisa séria e é bem importante você identificar já na faculdade quais são as habilidades para comandar pessoas e processos — bem chefe —, e assim, obter bons resultados.

A faculdade é o período de absorver conhecimento, mas também de desenvolver habilidades, sendo uma delas é a da liderança. Use esse período como uma espécie de estágio para descobrir se consegue direcionar as pessoas a fazer o que é preciso, com e para você — como sua mãe quando fazia você ir ao mercado comprar manteiga.

Como desenvolver o perfil de liderança?

A liderança é, sem dúvidas, um lugar de destaque, que desperta o interesse de muitos, mas é de fato alcançado por poucos. É que a maioria é chefe e não líder. Mas, você deve estar se perguntando: não dá tudo no mesmo — ter um posto de poder sobre as pessoas e comandar? Calmaê, que eu vou explicar a diferença.

Enquanto o chefe é obedecido, o líder é seguido. Enquanto o chefe manda, o líder orienta. Aí, pense, qual dos dois estilos tem a chance de ter melhores resultados? Quer umas dicas de como desenvolver o perfil de liderança e se tornar aquele líder sensacional, seguido e admirado ao longo da carreira? Então continue a leitura e veja o que separamos para você e para a sua mãe.

Participe de ligas acadêmicas

A liga acadêmica, entidade criada e organizada por acadêmicos, professores e profissionais com interesse comum em complementar a formação com atividades extraclasses de ensino, pesquisa e extensão, é um caminho bem interessante para você aprender a lidar com essa coisa de tomar a frente das resoluções — puxar as rédeas.

É que vira e mexe será preciso desenvolver trabalhos científicos, didáticos, culturais e sociais no espaço acadêmico e alguém precisa puxar o bonde para fazer tudo acontecer — no caso, você. É normal que os professores convoquem aqueles alunos topzeiras com perfil de liderança para conduzir as ações.

Use os trabalhos em sala de aula

Quem nunca teve um ataque de pânico — S.O.S. — quando o assunto era apresentar trabalho lá na frente na sala de aula? Caramba, dá uma suadeira nas mãos e o mundo parece que vai desabar e entrar em colapso.

Você já se sentiu assim no ensino médio? Pois saiba que as exigências serão maiores na faculdade, porque, além de todos esperarem que você domine o assunto, ainda vai precisar dominar a oratória — sem gaguejar, hein!

Falar em público já é um bom exercício de saber ser o centro das atenções em determinado momento e se você for o líder do grupo — normalmente os coleguinhas empurram o ser de bom coração e perfil de liderança para o abismo, ops, para o comando da apresentação.

Em vez de achar que estão sacaneando você, respire fundo e enfrente, pois, mais tarde, lá no mercado de trabalho, quando você for o chefe deles e receber muito por isso, saberá que valeu muito a pena as responsabilidades durante o período da faculdade — é isso aí.

Integre a comissão de formatura

Está aí uma excelente oportunidade de aprimorar seu perfil de liderança. O ideal é que a comissão de formatura comece a existir já no primeiro semestre da faculdade. Pense que será um tempo mais que suficiente para viver as delícias e malícias da liderança.

Ao participar da comissão de formatura você precisará instigar a participação dos colegas e, se ninguém souber ao certo por onde começar, assumir a dianteira e movimentar a galera — pôr tudo no lugar —, para quando chegar o final do curso, a festa causar geral entre todas as da faculdade.

Logo que a comissão entrar em ativa será a hora de pensar em como arrecadar fundos para custear todas as despesas — buffet, empresa de formatura, banda, salão de festas, decoração etc — e, para isso, será necessário organização ou muito dinheiro, delegação de tarefas e acompanhamento rotineiro para que todos cumpram suas funções.

Percebeu aí o quanto existe de liderança nesse processo? É melhor você exercitar os erros e acertos durante o período da faculdade, porque no mercado, quanto mais acertar, mais você elevará seu conceito e aumentará suas chances de ocupar postos interessantes — técnica, pessoal e financeiramente.

Quais as características essenciais de um bom líder?

Um bom líder tem características básicas que devem ser valorizadas para que tudo funcione — vamos botar ordem nisso tudo aqui. Por isso, separamos aqui algumas delas:

  • acima de tudo saber ouvir — aceitar sugestões, opiniões e ideias;
  • se comunicar — deixe claro o que deseja e espera do time formado;
  • administrar conflitos — acredite, você vai ter que lidar com muitas discussões entre os colegas;
  • se colocar no lugar do outro para entender as dificuldades de uma demanda e entender o perfil de cada um;
  • ser exemplo;
  • partilhar e compartilhar informações;
  • elogiar em público e criticar no privado;
  • estabelecer metas alcançáveis;
  • agir de forma equilibrada.

No livro “O Monge e o Executivo”, James C. Hunter diz que ser líder “é a habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum”.

Um bom perfil de liderança é, acima de tudo, um comportamento diante das pessoas e das dificuldades apresentadas por elas diante de uma missão. Cada um tem o limite e a capacidade de desempenhar uma tarefa, cabendo ao líder saber identificar a quem atribuir uma responsabilidade, acompanhando, orientando e corrigindo.

Aproveite sua experiência de influencer “dasamigas” nas redes sociais e a transfira para esse momento único da sua vida, em que descobrirá um universo de oportunidades, além de competências e habilidades que nem você sabia que tinha. As conquistas resultantes de um bom perfil de liderança são infinitamente maiores que as dificuldades que você enfrentará para desenvolver — tudo vai dar certo no final. Partiu?

O que achou deste post com dicas de como aprimorar o seu perfil de liderança? Curtiu? Então continue dando um tour por nosso blog, leia agora mesmo o texto “Como ter a melhor comissão de formatura?” e cuide para que nada saia errado nesse momento mais do que importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *