Como conseguir o primeiro emprego?

Tempo de leitura: 5 minutos

Veja algumas dicas fundamentais desde a construção do currículo até o primeiro dia de trabalho!

 

Você é um jovem formando ou recém-formado e não sabe muito bem o que fazer para entrar no mercado de trabalho? Preparamos um guia que vai desde a montagem do currículo até a primeira entrevista de emprego e o primeiro dia de trabalho para você se sentir mais seguro. Veja nossas dicas de como conseguir o primeiro emprego e inicie sua carreira com o pé direito.

Escrever um bom currículo nem sempre é fácil e basta um deslize para colocar tudo a perder. Como o mercado de trabalho é muito concorrido e as empresas costumam a receber muitos currículos, um pequeno erro pode fazer o seu ser descartado. O currículo é a primeira impressão que os responsáveis pela seleção têm de você. Por isso, vale prestar atenção a alguns pontos importantes:

 

Autoelogios

Apesar de esse item ser meio óbvio, sempre tem aquela pessoa que insiste em encher o currículo de adjetivos do tipo: confiável, ágil, incansável e o clássico perfeccionista. Vale a dica, este tipo de recurso não vai melhorar em nada a sua imagem e pior, pode funcionar de forma contrária, desmotivando o recrutador. Foque em mostrar resultados, se você já tiver alguma experiência. Por exemplo, se no seu estágio você alcançou bons números ou superou metas, pode citar o resultado como balanço da sua experiência profissional.

 

Nostalgia e Experiência

Citar experiências anteriores é algo essencial em um currículo, mas tudo tem um limite. Nada de utilizar experiências de mais de 10 anos atrás. Mesmo que você tenha uma base extensa de cursos, estágios e projetos realizados, é importante focar nos melhores e, principalmente, que tem mais a ver com a vaga pretendida. Volume não é sinônimo de qualidade.

 

Descrição de Tarefas e Objetividade

Na hora de descrever o tipo de tarefa que você executava, a descrição deve ser concisa. O ideal é utilizar no máximo três linhas para descrever cada atividade. Aliás, objetividade no currículo é essencial. Seguindo a linha de não encher a folha com muitas experiências desnecessárias, deve-se lembrar da possiblidade de o RH receber muitos currículos e não ter muito tempo de ler todos os currículos com profundidade. Se o seu estiver muito extenso, pode ser descartado pela confusão do conteúdo.

 

Excesso de elementos visuais

Ainda falando sobre objetividade e concisão, se a sua intenção não é na área criativa, nada de utilizar fontes ou cores diferentes e nem muitos elementos gráficos em seu currículo. Isso só polui a sua página. O importante é que o conteúdo esteja claro para a leitura, com o que é mais importante destacado. O visual deve ser profissional.

 

Informações demais

Informar já de cara qual a sua pretensão salarial é muito precipitado. Isso é um tema para ser discutido pessoalmente com o recrutador. Outra coisa que deve ser evitada é o envio de números de documentos ou lista de referências. Caso sejam necessários, eles serão pedidos para você mais pra frente.

 

Cursos extracurriculares

São bons para se destacar, mas cuidado para não exagerar! Se não for da sua área de atuação, não vale a pena colocar. O ideal é preencher com os cursos mais relevantes para você e que dialoguem com a vaga pretendida.

 

Com o currículo ideal pronto, enviado e selecionado pela empresa, e hora de se preparar para a entrevista!

 

O que vestir na entrevista de emprego?

O primeiro passo é: pense bem no que vestir. Não existe um “dress code” na hora da entrevista, até porque existem muitas empresas diferentes de setores diversos. Então o ideal é que você pense no que iria vestir caso já trabalhasse lá. Mas se ainda sim tiver dúvidas, escolha um look mais social ou arrumado, como se fosse um dia especial na firma.

 

Fique calmo! Você é um bom candidato.

Já na hora da entrevista, tome muito com cuidado com a forma que fala, evite erros de português e gírias. Tudo bem que na hora do nervosismo a gente não pensa muito bem, mas vá com calma! O momento pode te deixar nervoso, mas use isso para ficar mais concentrado e atento. Tenha confiança! Você acabou de sair da faculdade, então conte mais sobre suas experiências acadêmicas, trabalhos voluntários e estágios. Mas, a dica mais importante é: seja você mesmo e não minta.

 

Consegui o emprego! E agora?!

Uhuul! Conseguiu o primeiro emprego?! Então pode comemorar, mas já comece a pensar em como será seu primeiro dia! Tenha em mente que o ritmo do seu novo trabalho será bem diferente dos estágios e treinamentos da época da faculdade. Desta vez, você terá que cumprir prazos, lidar com problemas e resolvê-los por conta própria. Porém, não tenha medo de perguntar, afinal só assim você vai ter certeza de estar fazendo o certo. Lembre-se, a sua opinião é importante, e ser criativo e independente contam pontos, mesmo sendo um novato.

Ah, e não é porque conseguiu um emprego que você já pode sair das redes sociais e esquecer todos os seus contatos. Networking é muito importante, por isso continue alimentando sua rede de relacionamentos, via Linkedln ou pessoalmente, é fundamental para a sua carreira.

Aproveite a oportunidade para aprender bastante, seja positivo e muito bem-vindo ao seu primeiro emprego!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *